quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Quem sou eu (mentiras)

"Há uma inocência na mentira que é o sinal da boa fé numa causa."  Friedrich Nietzsche

Sou um chato, quero acreditar na humanidade, quero acreditar nos amigos, mas sei que mentes, eu minto, a vida é um teatro cheio de personagens, tribos e muito mais, e falando em tribos, não sei em que tribo me encaixo, acho que sou um camaleão, eu devia fazer inimigos, por que amigo é fácil de fazer.


Mas será que são amigos verdadeiros, quero acreditar que sim.


Não que eu queira parecer ingénuo, pois sabemos quando a pessoa está mentindo, quem sabe mentir sabe identificar uma mentira, (malícia) mas talvez por bom senso acreditamos, parece que gostamos da mentira, estou viciado em mentira, também vivemos cheio de mentiras (politica), (risos). 


Falei falei e não disse o que queria dizer, mas viajo como isso me (faz bem).


Não tenho medo de sofrer, tenho medo de fazer alguém sofrer (de novo), pois isso vivo assim.


Estou me sacrificando demais, estou falando de mais aqui, então vou chegar no ponto que queria chegar, poderia ficar isolado em meu mundo, mas não eu quero criar o mundo melhor onde as pessoas se respeitem, e não critiquem sem saber o que está acontecendo.


Sou legal, não quero enganar ninguém, as pessoas fingem que gostam de você e você finge que gosta delas, mas não precisa ser assim, cheguei aonde queria chegar, consideração, eu tendo em criar um circulo de considerações, até mesmo sem saber o que quero fazer, queremos ser importante, que as pessoas se lembrem da gente, e não precise serem lembradas por redes sociais quando ficamos mais velhos.


Não sei, acredito que você seja assim, tem a sensação de que você é uma pessoa que se importa muito com as pessoas que se sacrifica por elas e tem a sensação que elas não fariam o mesmo por você.
Mas afinal quem sou eu...


Sou um bobo, que fica escrevendo em um blog, escrevendo para que eu possa ler depois, eu formatei o computador várias vezes e acredito que o que eu postar aqui não irá se apagar, a não ser se um cracker apague.


Sou o oposto de mim, dizem que poderia ser feliz, mas se para ser feliz eu tiver que fazer alguém infeliz, quero e não quero, tenho medo, vou acabar sofrendo mais.


Mas que bom que tudo o que eu falei aqui, depende do ser, isso tudo aqui é mentira, #será, e o que pode ser bom para mim, pode não ser para você, se você não me ama ou não acredita em mim, minta... para falar a mentira não consegui expressar ainda o que queria, vou tentar resumir, as pessoas fingem, isso é coisa de mulher que diz a outra você é falsa, mas a verdade é essa, é um jogo de mentiras e os homens viram políticos.


'Cause I can realize the danger when forgiveness fades away
If you don't love me - lie to me
(LIE TO ME - BON JOVI)

"Sou tão bom ator que todo mundo pensa que sou cantor e compositor." 
(Raul Santos Seixas)
Postar um comentário